Bagagens

Você está em: Home Guia do Passageiro Bagagens

Bagagens

a) O que é a franquia de bagagem?

A franquia se refere ao peso e à quantidade de volumes que você pode transportar na aeronave (seja como bagagem de mão ou despachada).

b) Quais são as dimensões permitidas?

As dimensões (altura e largura) deverão estar estipuladas em seu contrato de transporte. É importante lembrar que a empresa área deve garantir 10kg sem custos para o passageiro, mas poderá determinar com quantos volumes você está autorizado a transportar esse peso.

c) E se minha bagagem de mão atender regras do contrato, mas não couber na aeronave?

Nos casos de falta de espaço na aeronave, a empresa deverá despachar sua bagagem sem custos.

d) As empresas aéreas podem oferecer o serviço de transporte de mala despachada separado do preço da passagem?

Sim. Desta maneira, cada passageiro poderá optar se deseja adquirir a franquia de bagagem e o peso que atenda às suas necessidades.

e) Há algum objeto proibido de ser levado na bagagem de mão?

Sim, é o caso de objetos cortantes ou perfurantes, como canivetes, tesouras de unha, alicates, seringas, depiladores etc. Esses itens devem ser levados na bagagem despachada.

f) Como posso me assegurar ao transportar bens de valor?

É aconselhável evitar transportar bens de valor na bagagem despachada (como joias e aparelhos eletrônicos). Entretanto, se houver necessidade, você poderá declarar o valor desses bens ainda no check-in. Basta solicitar o formulário mediante pagamento de taxa a ser estipulada pela empresa aérea. A Nota Fiscal poderá ser necessária para confirmar o valor declarado.

g) O que eu não posso levar como bagagem despachada?

Não podem ser transportadas na bagagem despachada substâncias explosivas, inflamáveis ou tóxicas. Para saber outros itens proibidos, entre em contato com a empresa aérea. O passageiro deve evitar levar itens frágeis na bagagem despachada. A empresa aérea poderá não indenizar eventuais danos a estes itens, em atendimento às regras previstas no contrato do serviço de transporte aéreo.

h) É permitido levar medicamentos?

Caso necessite tomar algum medicamento durante a viagem, você poderá levá-lo na bagagem de mão, desde que com prescrição médica. O recomendável é que você o mantenha na embalagem original para facilitar a identificação. É preciso lembrar que o transporte de medicamentos para outros países poderá sofrer fiscalização sanitária. Fique atento às restrições quanto ao volume individual.

i) Voos internacionais possuem regras diferentes?

Sim, além das restrições para voos domésticos, é preciso seguir algumas regras para voos internacionais. Na bagagem de mão, recipientes com gel e pastas devem ser levados em embalagem transparente de até um litro e com dimensão máxima de 20 cm x 20 cm. Cada recipiente de líquido não pode superar 100 ml, mesmo que ele não esteja cheio.

j) Posso levar alimentação para meu bebê?

Você pode levar a alimentação do seu bebê na bagagem de mão, mas apenas a quantidade que será usada durante o voo. O mesmo vale para xaropes, soro e sopas. A alimentação deverá ser apresentada na inspeção por raios-x preventiva de segurança a bordo. As regras sobre limites de bagagem variam conforme o país de destino; por isso, consulte a empresa aérea com antecedência.

k) Quais são as regras para os produtos de Free Shop?

Todos os tipos de líquidos adquiridos em free shops, como perfumes e bebidas, precisam estar embalados em sacola selada pelo estabelecimento e com nota fiscal do dia do voo. Consulte antecipadamente a empresa aérea para casos de voos domésticos cujo embarque seja em área internacional ou de conexões em outros países.

l) Preciso transportar bens com valor acima de R$5 mil. Como posso me assegurar?

Nesse caso, você poderá fazer declaração de valor junto à empresa aérea para fins de cobertura adicional preventiva em caso de extravio de bagagem.

m) O que é chamada de protesto?

Se sua bagagem foi extraviada, você deve comunicar o fato imediatamente. Essa comunicação é a chamada de protesto e deve ser realizada junto ao balcão da empresa aérea ou sua representante, preferencialmente na sala de desembarque ou em local indicado por ela. Em caso de voos domésticos, a empresa aérea terá até 7 dias para a devolução da bagagem; em voos internacionais, o prazo é de 21 dias. Se o passageiro estiver fora de seu domicílio, ele terá direito a um ressarcimento para gastos emergenciais.

n) Minha bagagem foi danificada. O que faço?

Você deverá fazer o protesto deve ser feito pelo passageiro em até 7 dias após a data do desembarque e recebimento da bagagem. A empresa aérea deverá reparar o dano da bagagem ou substituir a bagagem por outra equivalente, além de pagar indenização em caso de violação.