Imprensa

Últimas Notícias

Crianças do Projeto Girassol participam de Natal Solidário no Aeroporto Presidente Itamar Franco

Os funcionários da Concessionária do Aeroporto da Zona da Mata, da Azul Linhas Aéreas, da Gol Linhas Aéreas Inteligentes e da Fire Domain  se uniram na última quinta-feira, 14, para promover o Natal Solidário para 24 crianças rio-novenses do Projeto Girassol no Aeroporto Presidente Itamar Franco.

O dia começou animado com a chegada do Papai Noel no voo da manhã. Em seguida, a música tomou conta da Sala de Embarque com a presença da Banda da Primeira Igreja Batista de Rio Novo. As crianças fizeram lanche, dançaram e cantaram em ritmo de Natal.

Em um passeio orientado, os pequenos puderem conhecer melhor os processos que ocorrem desde a chegada do passageiro ao aeroporto até o embarque na aeronave. Os bombeiros de aeródromo deram um toque especial à festa ensinando músicas e realizando demonstrações com água. Bolo, refrigerante e a entrega de presentes selaram a alegria da ação, que contou ainda com brindes das companhias aéreas que operam no aeroporto.

O respeito faz toda a diferença

O Natal Solidário teve como tema “O respeito faz toda a diferença”, cujo objetivo foi conscientizar as crianças sobre a prática de bullying. Funcionários do aeroporto visitaram o projeto dias antes para falar mais sobre a temática, incentivando-as a produzir desenhos e frases que representassem o respeito às diferenças.

O Projeto Girassol

O Projeto Girassol teve início em maio desse ano a partir do trabalho dos voluntários Márcia e Gustavo, ambos rio-novenses. Segundo Márcia, os encontros tiveram início com a realização de um ensaio na pracinha do morro Santa Clara e, desde então, não pararam mais. Segundo os organizadores, o projeto Girassol tem a finalidade de conscientizar que, independente de religião, cor, bairro e condições financeiras, é possível ser útil em qualquer lugar. “Com humildade, fé, esperança, respeito e educação podemos fazer toda a diferença”, completaram.

A iniciativa, que sobrevive da renda gerada por um bazar no mesmo bairro, tem encontros todas as quartas-feiras, às 18h, e aos sábados, a partir de 9h, com evangelização, música, teatro, artesanato e poesias.